Espaço de escritório comunitário é o primeiro desenvolvido pelo projeto Teia, que prevê abertura de mais estabelecimentos semelhantes na cidade

Outro coworking público deve ser inaugurado no bairro de Cidade Tiradentes, zona leste

A Prefeitura abre nesta quarta-feira (22) o primeiro coworking gratuito e público na região do bairro Parada de Taipas, zona norte de São Paulo. O ambiente de trabalho funcionará dentro da Biblioteca Pública Érico Veríssimo.

O novo espaço terá vagas para 30 pessoas trabalharem simultaneamente, com computadores fixos, internet e salas para reunião. Segundo a SMDET (Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Trabalho), o endereço passará também a ser local de cursos, palestras e mentorias com foco em empreendedorismo. 

O escritório inaugurado é o primeiro do projeto Teia, da Adesampa (Agência de Desenvolvimento Econômico de São Paulo), que pretende abrir coworkings públicos pela cidade de São Paulo. A proposta da agência vinculada à SMDET é de continuar construindo espaços semelhantes em locais periféricos da cidade, como contou Aline Cardoso, secretária de Desenvolvimento Econômico e Trabalho. 

De acordo com Aline, o projeto pretende diminuir a desigualdade na cidade com a movimentação da economia local das áreas mais pobres. Ela afirmou “que empreendedores da periferia sempre buscam parceiros nas regiões centrais”, o que pode ser alterado com espaços públicos de trabalho em regiões afastadas do centro.

“A proposta do projeto Teia visa fortalecer a comunidade local, para que pessoas da região se articulem entre si”, disse Aline, ressaltando o potencial de integração que a localização do novo coworking público possibilita.