Presidente foi submetido a procedimento para correção de uma hérnia no dia 8, em São Paulo. Bolsonaro tem previsão de viajar para Nova Iorque na próxima segunda-feira (23).

O presidente Jair Bolsonaro passou por uma avaliação médica na manhã sexta-feira (20) no hospital DF Star, em Brasília.

Bolsonaro se recupera de uma cirurgia para corrigir uma hérnia, realizada no último dia 8 em São Paulo. Foi o quarto procedimento cirúrgico desde que ele sofreu uma facada no abdômen durante a campanha eleitoral de 2018.

O médico Antonio Luiz Macedo, responsável pela cirurgia de Bolsonaro em São Paulo, chegou ao hospital em Brasília por volta das 8h40, antes do presidente.

Bolsonaro chegou ao hospital por volta das 9h10. Após a avaliação médica, o porta-voz da Presidência, Otávio do Rêgo Barros, deverá fazer uma declaração à imprensa.

O cirurgião Antônio Luiz Macedo durante chegada ao hospital DF Star, em Brasília, para avaliação da saúde do presidente Jair Bolsonaro — Foto: Guilherme Mazui/G1

A avaliação médica desta sexta foi a primeira desde o retorno de Bolsonaro a Brasília, na segunda-feira (16). Por recomendação médica, o presidente concentrou encontros com ministros, auxiliares e parlamentares no Palácio da Alvorada nos últimos dias.

O resultado das análises desta sexta ajudará a definir se Bolsonaro terá condições de viajar na próxima segunda (23) para Nova Iorque, onde tem a previsão de fazer o discurso de abertura da Assembleia Geral da Organização das Nações Unidos (ONU).

O presidente já adiantou que pretende reforçar diante de diplomatas e chefes de estado e governo a soberania do Brasil e as ações de preservação ambiental, o que envolve a floresta amazônica.

No mês passado, a alta das queimadas na floresta gerou um crise diplomática com países europeus, em especial com a França.