No dia 11 de setembro, a Justiça manteve a prisão preventiva de Bernardo Cunha, de 32 anos, suspeito de fornecer drogas na Zona Sul do Rio.

Traficante Bernardo Cunha, de 32 anos, foi preso dia 9 de setembro — Foto: Reprodução

Bernardo Cunha, de 32 anos, apontado pela polícia como um dos principais fornecedores de drogas a bairros da Zona Sul do Rio, não só ostentava uma “vida de playboy”, com viagens e artigos de luxo. Ele gastava boa parte de seu faturamento com o crime em moradias de alto nível.

Ainda segundo o delegado, Bernardo faturava todos os meses em torno de R$ 50 mil.

Bernardo foi preso no dia 9 de setembro. No dia 11, a prisão preventiva foi mantida pela Justiça. Ele está preso na Cadeia Pública Tiago Teles de Castro Domingues, em São Gonçalo.

Bernardo tinha uma 'vida de playboy' e exibia fotos em pousadas luxuosas nas redes sociais. — Foto: Reprodução / TV Globo

R$ 200 mil em drogas

Entre as drogas comercializadas pelo traficantes, encontradas no apartamento de Bernardo no momento da prisão, havia comprimidos ecstasy, LSD, cocaína pura, crack, haxixe e maconha.

O delegado informou que o valor da apreensão foi estimado em R$ 200 mil.