- Propaganda -spot_img
InícioNegócios/EmpreendedorismoPrograma de fomento ao audiovisual das periferias tem inscrições abertas até dia...

Programa de fomento ao audiovisual das periferias tem inscrições abertas até dia 31

- Propaganda -spot_img

Coletivos de audiovisual das periferias têm até dia 31 para se inscrever no Amplifica Cine, programa da Prefeitura de São Paulo de apoio ao setor. A ação foi desenvolvida pela Ade Sampa, agência de desenvolvimento da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo, em parceria com a Spcine, órgão vinculado à Secretaria de Cultura. A iniciativa selecionará 20 projetos das periferias, que receberão um processo de apoio e aceleração por meio de mentorias, assessorias e oficinas. Para participar, os interessados devem se inscrever pelo link: www.adesampa.com.br/amplificacine

“Pesquisas indicam que a cidade de São Paulo conta com mais de 600 mil profissionais atuantes no setor da economia criativa, uma das áreas mais afetadas pela pandemia do coronavírus. Por este motivo, é fundamental pensarmos em políticas públicas que apoiem setores como o de audiovisual, principalmente por ser tão atuante nas regiões mais vulneráveis”, declara a secretária de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo, Aline Cardoso.

Serão priorizados os candidatos de baixa renda e minorias identitárias. Cada coletivo será representado por dois integrantes que participarão das atividades de aceleração, dividida em duas etapas: pré-aceleração e aceleração, com atividades semanais num período de sete meses.

Visando priorizar as parcelas mais vulneráveis, os coletivos devem ter, no mínimo, três membros com idade entre 18 e 35 anos, que trabalhem no setor audiovisual; tenham modelos de negócio inovadores, com potencial para se desenvolver na Capital; que estejam em fase de validação junto aos potenciais clientes e demonstrem potencial de viabilidade técnica e econômica e tenham ao menos um ano de atuação no mercado de audiovisual com a oferta de produtos e serviços de audiovisual focados em inovação e criatividade.

A pré-aceleração conta com atividades em grupo e oficinas temáticas para os 20 coletivos selecionados. Serão 10 oficinas de quatro horas, totalizando 40 horas, com os seguintes temas: o desenvolvimento de um modelo de negócios consistente e escalável; sustentabilidade financeira dos grupos de audiovisual; geração de negócios entre os componentes da cadeia de valor do audiovisual; comercialização de produtos e serviços; conexão de redes e networking; e potencialização de capacidades empreendedoras.

Os coletivos também devem solucionar quatro desafios durante a pré-aceleração. Ao final do período, os participantes desenvolverão um modelo de negócio consistente e apresentar um pitch com as soluções para o desafio proposto. As quatro melhores propostas passarão para a etapa de aceleração. Nela, cada grupo receberá o valor de R$ 25 mil, e um aporte de conteúdo (mentorias individuais on-line) para desenvolverem seus negócios e torná-los mais competitivo no mercado.

Os outros 16 coletivos não selecionados para a aceleração continuarão o processo de apoio ao impulsionamento de suas empresas, com conteúdo de mentorias coletivas e remotas para suporte das principais dúvidas escolhidas entre eles. Ao final do programa, os 20 coletivos audiovisuais participarão de uma rodada de negócios, promovendo um networking, para facilitar a potencial elaboração de negócios e parcerias.

A seleção dos coletivos acontecerá em duas etapas. A primeira com a seleção de 40 coletivos de audiovisual que serão convocados para uma banca pública. A segunda fase será realizada por meio de vídeos pitches e por entrevistas individuais com os selecionados, a partir desta banca, que será realizada por uma comissão de avaliação composta por seis membros – dois colaboradores da Ade Sampa e quatro colaboradores da Spcine.

- Propaganda -spot_img
Deve ler!
- Propaganda -spot_img
Notícias relacionadas
- Propaganda -spot_img

Deixe uma resposta.

Por favor, escreva seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui