Teatro Adulto

Morte Acidental de um Anarquista
Um louco cuja doença é interpretar pessoas reais é detido por falsa identidade. Na delegacia ele vai enganando um a um, assume várias identidades e se passa por um juiz na investigação do misterioso caso do anarquista.
Direção: Hugo Coelho | Texto: Dario Fo
| Teatro Alfredo Mesquita. Av. Santos Dumont, 1.770, Santana. Zona Norte. | tel. 2221-3657. 1/3. Domingo, às 19h. Gratuito. 10 anos.

Ordinários
Três soldados formam um pelotão improvável. Quanto mais avançam pelo território inimigo, ficam evidentes os segredos que um esconde do outro e o quanto são inadequados para o mundo da guerra.
Roteiro: Newton Moreno, Alvaro Assad e La Mínima | Direção: Alvaro Assad
| Teatro Alfredo Mesquita. Av. Santos Dumont, 1.770, Santana. Zona Norte. | tel. 2221-3657. De 6 a 15/3. Sexta e sábado, às 21h, e domingo, às 19h. Gratuito. 14 anos.

inhai – coisa de viado
A partir de estudos científicos, dados históricos, relatos pessoais e análise de fenômenos culturais, o Coletivo Inominável reflete sobre homofobia, orgulho e o que é coisa de viado nos dias de hoje.
Dramaturgia: Fernando Pivotto e Cezar Zabell | Direção: Cezar Zabell
| Teatro Alfredo Mesquita. Av. Santos Dumont, 1.770, Santana. Zona Norte. | tel. 2221-3657. De 20/3 a 10/4. Sextas, às 21h. R$ 30. 18 anos.

Inferno – Um Interlúdio Expressionista
A montagem retrata a atrocidade que realmente ocorreu em uma prisão em Holmesburg, Pennsylvania, em 1938, quando um grupo de 25 presos realizou uma greve de fome e como punição foi trancado em uma cela fechada com vapor aquecido.
Direção: André Garolli | Dramaturgia: Luís Marcio Arnaut
| Teatro Alfredo Mesquita. Av. Santos Dumont, 1.770, Santana. Zona Norte. | tel. 2221-3657. De 21/3 a 12/4 (dia 29/3 haverá tradução em libras). Sábado, às 21h, e domingo, às 19h. R$ 30. 16 anos.

Olga, a Pulga
Guadalupe habita um lixão, que é sua morada e o centro de seu picadeiro. Reutilizando materiais que foram jogados no lixo, apresenta-se como domadora da grande estrela deste pequeno circo: Olga, uma pulga acrobata que anda na corda bamba.
Elenco e Texto: Tereza Gontijo | Direção: Anderson Spada
| Teatro João Caetano. Rua Borges Lagoa, 650, Vila Clementino. Próximo da estação Santa Cruz do metrô. Zona Sul. | tel. 5573-3774 e 5549-1744. De 7 a 22/3 (dia 15/3 haverá tradução em libras). Sábado e domingo, às 16h. R$ 20. Livre.

Por que não vivemos?
Aqui, temas recorrentes na obra de Tchekhov, como o conflito entre gerac?o?es, as transformac?o?es sociais atrave?s das mudanc?as internas do indivi?duo, as questo?es do homem comum e do pequeno que existe em cada um de no?s, o legado para as gerac?o?es futuras.
Adaptação: Marcio Abreu, Nadja Naíra e Giovana Soar | Direção: Marcio Abreu
| Teatro Cacilda Becker. Rua Tito, 295, Lapa. Zona Oeste. | tel. 3864-4513. 1/3, domingo, às 19h, e de 20/3 a 19/4, sextas e sábados, às 20h, e domingos, às 19h . R$ 30. 16 anos.

O Homem Megafone
O enredo do espetáculo faz uma reflexão sobre as demandas da vida e sobre visão distorcida do certo e errado na sociedade atual. O Menino-Mega-Fone tem como herói o Homem-Mega-Fone, que lhe ensina que o trabalho de catador é de importância crucial na vida da cidade.
Direção: Carol Guimaris | Dramaturgia: Edu Brisa
| Teatro Flávio Império. R. Prof. Alves Pedroso, 600, Cangaíba | Tel. 2621-2719. 14/3. Sábado, às 19h. Gratuito. 14 anos.

Canções de Guerra e Poesia
O espetáculo cênico musical é composto por textos e canções de Brecht, Weill e Hanns Eisler, com personagens em guerra, no seio das lutas por liberdade, onde a palavra atrocidade é talvez a mais branda. Infanticidas, soldados vivos e mortos, ratos, mães, bêbados, perdedores, prostitutas, viúvas na guerra, mães comerciantes da guerra: escravos dos nossos fins.
Direção: Cida Moreira
| Teatro Flavio Império. R. Prof. Alves Pedroso, 600, Cangaíba | Tel. 2621-2719. 20/3. Sexta, às 19h. Gratuito. 14 anos.

Morte Acidental de um Anarquista
Um homem cuja doença é interpretar pessoas reais é detido por falsa identidade. Na delegacia ele vai enganando um a um, assume várias identidades e se passa por um juiz na investigação do misterioso caso do anarquista. Brincando com o que é ou não é real, o louco desmonta o poder e acaba descobrindo as verdades escondidas por todos.
Direção: Hugo Coelho
| Teatro Flavio Império. R. Prof. Alves Pedroso, 600, Cangaíba | Tel. 2621-2719. 28 e 29/3. Sábado e domingo, às 18h. Gratuito. Livre.

Feminino Abjeto 2: O Vórtice do Masculino
Em uma sequência vertiginosa de cenas que borram os limites de ficção, realidade, teatro e presença cênica, 19 performers revisitam memórias, estereótipos e contradições do masculino e do feminino. Uma jornada de afetos, violências e renúncias que constitui ainda a questão: do que se faz um homem?
Dramaturgia: Janaína Leite e Tatiana Ribeiro| Direção: Janaína Leite
| Teatro Décio de Almeida Prado. R. Lopes Neto, 206 – Itaim Bibi. Zona Oeste.| tel. 3079-3438. 7/3 e 14/3. 7/3, sábado, às 21h, e 14/3, sábado, às 15h e 21h. R$ 20. 16 anos.

Feminino Abjeto 1
Uma apresentação ritualizada na qual 12 performers (10 mulheres cis e 2 pessoas na?o-bina?rias) investigam suas relac?o?es com os ideais de feminino, suas obscuridades e contradic?o?es. Tensões presentes no conceito de abjec?a?o, na misoginia cotidiana e nas percepc?o?es de pape?is sociais e de ge?nero.
Dramaturgia: Janaína Leite e Tatiana Ribeiro | Direção: Janaína Leite
| Teatro Décio de Almeida Prado. R. Lopes Neto, 206 – Itaim Bibi. Zona Oeste.| tel. 3079-3438. 8/3 e 15/3. 8/3, domingo, às 19h, e 15/3, domingo, às 15h e 19h. R$ 20. 16 anos.

1975
Teresa, uma mulher de quase 60 anos, teve seu irmão desaparecido durante a última ditadura no Uruguai, quando ela era adolescente. O texto aborda a questão do desaparecimento de pessoas, de perdas de entes queridos e da passagem do tempo que a vida nos impõe.
Texto: Sandra Massera | Elenco e Direção: Angela Figueiredo
| Teatro Arthur Azevedo. Av. Paes de Barros, 955, Mooca, Zona Leste | tel. Tel. 2605-8007. 1/3. Domingo, às 17h. R$ 30. 10 anos.

O Beijo no Asfalto
Um atropelamento. Um homem cai no asfalto em plena Praça da Bandeira, Rio. Na sua agonia, pede um beijo a outro homem que correu em seu auxílio. O beijo acontece, o atropelado morre, a multidão ao redor testemunhou. A partir daí, uma tragédia se desenrola.
Texto: Nelson Rodrigues | direção: Bruno Perillo
| Teatro Arthur Azevedo. Av. Paes de Barros, 955, Mooca, Zona Leste | tel. Tel. 2605-8007. 1/3. Domingo, às 20h. R$ 30. 14 anos.

Frida Kahlo – Viva la Vida
Frida Kahlo prepara um jantar no Dia dos Mortos e passeia por sua vida relembrando e trazendo os personagens que passaram por sua história, como Diego Rivera, Trotsky, Rockfeller, Chavela Vargas, André Breton.
Texto: Humberto Robles | Direção: Cacá Rosset | Interpretação: Christiane Tricerri
| Teatro Arthur Azevedo. Av. Paes de Barros, 955, Mooca, Zona Leste | tel. Tel. 2605-8007. De 7 a 29/3 (dia 14 haverá tradução em libras, e, dia 28, audiodescrição). Sábados, às 21h, e domingos, às 19. Gratuito. 12 anos.

Doc.Malcriadas
Um dia de faxina em que diferentes empregadas domésticas se reúnem para compartilhar sua rotina de serviço e passar a limpo sua função.
Concepção e Direção: Lee Taylor
| Teatro João Caetano. Rua Borges Lagoa, 650, Vila Clementino. Próximo da estação Santa Cruz do metrô. Zona Sul. | tel. 5573-3774 e 5549-1744. 1/3. Domingo, às 19h. Gratuito. 14 anos.

Mostra de Teatro Cia Mungunzá de Teatro – Repertório Completo
Grupo com 12 anos de pesquisa em São Paulo, por meio do Prêmio Cleyde Yáconis, a cia realiza quatro ocupações em quatro equipamentos culturais municipais.
Epidemia Prata
Uma costura entre duas linhas narrativas: a visão pessoal dos atores sobre as personagens reais que conheceram em residência na Cracolândia e o Mito da Medusa, que transforma pessoas em estátuas.
Direção: Georgette Fadel | Supervisão Dramatúrgica: Verônica Gentilin
| Teatro João Caetano. Rua Borges Lagoa, 650, Vila Clementino. Próximo da estação Santa Cruz do metrô. Zona Sul. | tel. 5573-3774 e 5549-1744. De 6 a 12/3. Quinta, às 17h, sexta e sábado, às 21h, e domingo, às 19h. Gratuito. 16 anos.

Luis Antonio-Gabriela
Partindo de diferentes pontos de vista, e por meio de levantamentos biográficos compostos por fotografias, diários, cartas, entrevistas com familiares e amigos, a transformação de Luis Antonio em Gabriela.
Direção: Nelson Baskerville
| Teatro João Caetano. Rua Borges Lagoa, 650, Vila Clementino. Próximo da estação Santa Cruz do metrô. Zona Sul. | tel. 5573-3774 e 5549-1744. De 13 a 15/3. Sexta e sábado, às 21h, e domingo às 19h. Gratuito. 16 anos.

Por Que a Criança Cozinha na Polenta?
Baseado no livro da escritora romena Aglaja Veteranyi, mostra uma adolescente da Europa Central que se defende da degradação pela ótica infantil, de forma ao mesmo tempo lírica e cruel.
Texto: Aglaja Veteranyi |Direção: Nelson Baskerville
| Teatro João Caetano. Rua Borges Lagoa, 650, Vila Clementino. Próximo da estação Santa Cruz do metrô. Zona Sul. | tel. 5573-3774 e 5549-1744. De 20 a 22/3. Sexta e sábado, às 21h, e domingo às 19h. Gratuito. 16 anos.

Poema Suspenso para Uma Cidade em Queda
Uma pessoa cai do topo de um prédio e não chega ao chão. Os anos passam e toda a vida dos moradores desse prédio se congela em seus próprios traumas enquanto aquele corpo permanece em suspenso.
Direção: Luiz Fernando Marques com Cia. Mungunzá de Teatro e Luiz Fernando Marques
| Teatro João Caetano. Rua Borges Lagoa, 650, Vila Clementino. Próximo da estação Santa Cruz do metrô. Zona Sul. | tel. 5573-3774 e 5549-1744. De 27 a 29/3. Sexta e sábado, às 21h, e domingo às 19h. Gratuito. 14 anos.

Era Uma Era
Uma caixa abandonada se abre e de dentro surgem todas as personagens. Inicia-se a história do Grande Reino Ainda Sem Nome. Barba Rala, rei deste Reino, deseja a todo custo entrar para a História.
Direção e Dramaturgia: Verônica Gentilin
| Teatro João Caetano. Rua Borges Lagoa, 650, Vila Clementino. Próximo da estação Santa Cruz do metrô. Zona Sul. | tel. 5573-3774 e 5549-1744. 28 e 29/3. Sábado e domingo, às 16h. Gratuito. Livre.

Mostra Internacional de Teatro – MIT SP

Violento
O solo se desenha pela trajetória de um jovem negro atingido por abordagens policiais, encarceramento em massa, genocídio em curso e a hipersexualização de seu corpo. Com atuação de Preto Amparo e direção de Alexandre De Sena.
Atuação: Preto Amparo | Direção: Alexandre de Sena
| Teatro Décio de Almeida Prado. R. Lopes Neto, 206 – Itaim Bibi. Zona Oeste.| tel. 3079-3438. 12/3 e 13/3. Quinta e sexta, às 21h. R$ 40. Livre.

Inhai – Coisa de Viado
A partir de estudos científicos, dados históricos, relatos pessoais e análise de fenômenos culturais, o Coletivo Inominável reflete sobre homofobia, orgulho e o que é coisa de viado nos dias de hoje.
Direção e dramaturgia: Cezar Zabell
| Teatro Décio de Almeida Prado. R. Lopes Neto, 206 – Itaim Bibi. Zona Oeste.| tel. 3079-3438. 17, 18 e 19/3 (dia 19 haverá audiodescrição). Terça, quarta e quinta, às 21h. R$ 20. Livre.

Tudo é Lindo em Nome do Amor
Projeto concebido, dirigido e performado pelas artistas Bruna Betito e Debora Rebecchi busca, a partir do mito do amor romântico, deslocar imagens enraizadas a respeito da identidade e lugar da mulher.
Direção: Bruna Betito e Debora Rebecchi
| Teatro Décio de Almeida Prado. R. Lopes Neto, 206 – Itaim Bibi. Zona Oeste.| tel. 3079-3438. 21, 22, 28 e 29/3. Sábados, às 21h, e domingos, às 19h. R$ 20. 16 anos.

O Que Fazer Daqui Para Trás
João Fiadeiro explora o tempo – duracional, suspenso, intervalar – e foca a sua atenção naquilo que fica, no que foi esquecido, no “resto”. O espetáculo, que faz uma crítica à urgência e à rotina acelerada, se posiciona entre a dúvida e a possibilidade.
Concepção e Direção: João Fiadeiro
| Teatro Cacilda Becker. Rua Tito, 295, Lapa. Zona Oeste. | tel. 3864-4513. De 7 a 9/3. Sábado, domingo e segunda, às 19h. R$ 40. 12 anos.

Stabat Mater
Janaina Leite, do Teatro Documental, propõe o formato de uma palestra-performance para Stabat Mater, sua mais recente obra onde aprofunda sua investigação sobre o real no teatro, agora sob a luz do obsceno. Tudo a partir de texto da filósofa e psicanalista Julia Kristeva.
Direção e Dramaturgia: Janaina leite
| Teatro Cacilda Becker. Rua Tito, 295, Lapa. Zona Oeste. | tel. 3864-4513. 11 e 12/3. Quarta e quinta, às 20h. R$ 40. 18 anos.

Stabat Mater (desmontagem)
Numa proposta contemporânea, o encontro oferece ferramentas para os espectadores entenderem como aconteceu a construção do espetáculo Stabat Mater.
| Teatro Cacilda Becker. Rua Tito, 295, Lapa. Zona Oeste. | tel. 3864-4513. 13/3. Sexta, às 13h30. Gratuito. 18 anos.

Entrelinhas
Num diálogo entre passado e presente, discussões sobre a violência contra a mulher, evidenciando como a voz da mulher negra é historicamente silenciada dentro de uma sociedade opressora.
Intérprete: Jaqueline Elesbão
| Teatro Cacilda Becker. Rua Tito, 295, Lapa. Zona Oeste. | tel. 3864-4513. 14 e 15/3. Sábado, às 19h, e domingo, às 16h. R$ 40. 18 anos.

Meia Noite
A capoeira é tratada como elemento criador e motivador do movimento e também ponto de partida para se pensar a memória do corpo negro que dança. Para tanto, o bailarino se inspira na vivência com seu pai, o mestre Meia-Noite, cofundador do Centro de Educação e cultura Daruê Malungo, no Recife, espaço onde ele cresceu e desenvolve trabalhos. Em cena, uma costura de imagens e memórias da dança negra.
Intérprete e diretor: Orun Santana
| Teatro Alfredo Mesquita. Av. Santos Dumont, 1.770, Santana. Zona Norte. | tel. 2221-3657. 11 e 12/3. Quarta, às 21h, e quinta, às 16h. R$ 40. Livre.

Teatro Infantil

Tatianices
Com bom humor e música tocada ao vivo, a peça-festa comemora o centenário da escritora Tatiana Belinky, que escreveu em torno de 250 livros infanto-juvenis. Capaz de superar as barreiras do tempo, o personagem Atemporal conduz a menina Tatiana para sua festa de aniversário de 10 anos e, no caminho, ela encontra personagens que habitam seus livros no futuro, mas que ela ainda não sabe que inventou.
Direção: André Capuano
| Teatro Flavio Império. R. Prof. Alves Pedroso, 600, Cangaíba | Tel. 2621-2719. 27/3. Sexta, às 19h. Gratuito. Livre.

Circo do Só Eu
O Circo do Sol aceita o convite para se apresentar em uma cidade até que recebe outra proposta mais lucrativa. O palhaço Zabobrim tenta apresentar sozinho os números de equilíbrio, macaco em monociclo, hipnose, mágica, acrobacia e música, em um esforço imensurável de realizar sozinho o trabalho de uma companhia inteira.
Direção: Ésio Magalhães
| Teatro Flávio Império. R. Prof. Alves Pedroso, 600, Cangaíba | Tel. 2621-2719. 15, 21 e 22/3. Sábado, às 16h, e domingo, às 11h. Gratuito. Livre.

Meu Pequeno Universo
No Pequeno Universo, a curiosidade de Stephen o levará a uma jornada em busca da origem de tudo. Novos desafios serão lançados e abrirão caminho para novas descobertas e histórias. Mas o plano original, que era perfeito, sai do curso quando um misterioso personagem resolve mudar as coisas de lugar e destruir o que era bom.
| Teatro Flávio Império. R. Prof. Alves Pedroso, 600, Cangaíba | Tel. 2621-2719. 26/3. Quinta, às 11h e às 16h. Gratuito. Livre.

Chapeuzinho Vermelho
O clássico conto de fadas na versão dos irmãos Grimm contado sem o uso de palavras. Jogos, pantomimas e uma trilha especialmente composta para o espetáculo guiam os dois atores pelas peripécias dessa menina dividida entre o que deve fazer e a diversão.
Roteiro e Direção: Eduardo Leão
| Teatro Alfredo Mesquita. Av. Santos Dumont, 1.770, Santana. Zona Norte. | tel. 2221-3657. De 21/3 a 21/4. Sábado e domingo, às 16h| sessão extra no dia 26/3, quinta, às 14h30, com entrada gratuita. R$ 20. Livre.

Estrepolias
Show musical alegre, vibrante e interativo, indicado para pais e filhos, com três músicos e dois manipuladores de bonecos. Os artistas usam ainda adereços e coreografias que incentivam a plateia a cantar e dançar.
Direção Geral: Márcio Araújo e Marcelo Baião
| Teatro Arthur Azevedo. Av. Paes de Barros, 955, Mooca, Zona Leste | tel. Tel. 2605-8007. 1/3. Domingo, às 16h. R$ 20. Livre.

Oroboro
Fábula na qual personagens do mundo real interagem com seres míticos e imaginários. Numa estranha ilha, a serpente Oroboro bota um ovo que provoca curiosidade e cobiça dos seres que habitam o lugar.
Direção: Osvaldo Gabrieli com XPTO
| Teatro Arthur Azevedo. Av. Paes de Barros, 955, Mooca, Zona Leste | tel. Tel. 2605-8007. 14 a 16/4. Quinta, às 14h30, e sábado e domingo, às 16h. R$ 20. Livre.

Água Doce
O espetáculo da Cia. da Tribo usa elementos do folclore brasileiro para falar dos rios, apresentando a diversidade das águas, como aquelas que foram encanadas durante o processo de urbanização.
Texto e Direção: Milene Perez e Wanderley Pira com Cia da Tribo
| Teatro Cacilda Becker. Rua Tito, 295, Lapa. Zona Oeste. | tel. 3864-4513. 1/3. Domingo, às 16h. R$20. Livre.

O incrível Caso do Menino de Vestido
Dennis era um menino comum: ia à escola, jogava futebol, tinha amigos… Mas se sentia diferente. Achava que sua vida era chata. Algo de extraordinário simplesmente tinha de acontecer…
Dramaturgia: República Ativa de Teatro | Direção: Fernando Neves
| Teatro Cacilda Becker. Rua Tito, 295, Lapa. Zona Oeste. | tel. 3864-4513. De 21/3 a 19/4, sábados e domingos, às 16h e de 24/3 a 2/4, terça e quinta, às 10h e às 14h30. Gratuito. Livre.

Dança

Arquivo Negro
Espetáculo da Cia Pé no Mundo é inspirado em histórias de personalidades negras que, mesmo vivendo situações de extrema adversidade devido aos estigmas gerados pela escravização e pelo racismo histórico, influenciaram a história e a cultura no Brasil. Maria Firmina dos Reis, Carolina Maria de Jesus, Abdias do Nascimento, Zózimo Bulbul etc.
| Teatro Flavio Império. R. Prof. Alves Pedroso, 600, Cangaíba | Tel. 2621-2719. 5 e 6/3. Quinta, às 15h, e sexta, às 19h. Gratuito. Livre.

Ou 9 ou 80
As dificuldades apresentadas na vida de muitos jovens periféricos, passando pelo preconceito, racismo, homofobia e desigualdade social, são ultrapassadas quando a motivação e a ação são usadas como elementos de mudança. Aqui, apresentadas através da dança.
| Teatro Flávio Império. R. Prof. Alves Pedroso, 600, Cangaíba | Tel. 2621-2719. 7 e 19/3. Sábado e quinta, às 19h. Gratuito. Livre.

Teatro de Rua – O Parque é o Palco

Reprise
Ao chegarem ao local de sua apresentação, dois palhaços descobrem que foram contratados para o mesmo local, no mesmo horário, pela mesma pessoa. Depois de infrutíferas tentativas de provar um ao outro sua prioridade no picadeiro, decidem realizar este trabalho juntos.
Concepção: Cia la Mínima
| Teatro Flávio Império. R. Prof. Alves Pedroso, 600, Cangaíba | Tel. 2621-2719. 1/3. Domingo, às 16h. Gratuito. Livre.

Música

Semana do Hip-Hop
O Teatro Flávio Império abre as portas para a Semana do Hip-Hop, com atrações que unem os pilares desta linguagem: DJ, MC, rap e grafite.

Labuta da Xanas – Dia Internacional da Mulher
| Teatro Flávio Império. R. Prof. Alves Pedroso, 600, Cangaíba | Tel. 2621-2719. 8/3. Domingo, às 16h. Gratuito. Livre.

Roda de Conversa – Hip-Hop e seus Cinco Elementos
| Teatro Flávio Império. R. Prof. Alves Pedroso, 600, Cangaíba | Tel. 2621-2719. 13/3. Sexta, às 19h. Gratuito. Livre.

intervenção – Grafite, B-Boy e DJ
| Teatro Flávio Império. R. Prof. Alves Pedroso, 600, Cangaíba | Tel. 2621-2719. 14/3. Sábado, às 14h. Gratuito. Livre.

Batalha de B-Boys e Prosa
| Teatro Flávio Império. R. Prof. Alves Pedroso, 600, Cangaíba | Tel. 2621-2719. 15/3. Domingo, às 16h. Gratuito. Livre.

Bia Doxum
Ela apresenta seu novo álbum, ÀTÚNWA, lançado em novembro de 2019, contando sucessos como Balaio de Amor, Molinha e Woman of Power. Sua música decorre sobre o cotidiano, o ancestral, o feminino, o afro, o sonho. Sua palavra é cortante, esperta. Flow, dança, cor e ancestralidade.
| Teatro Flávio Império. R. Prof. Alves Pedroso, 600, Cangaíba | Tel. 2621-2719. 15/3. Domingo, às 18h. Gratuito. Livre.

Anelis Assumpção
De vocais sensuais a arranjos irreverentes, com pitadas de dub, afrobeat e
grooves brasileiros. Suas raízes paulistas correm profundas dentro de seu estilo, levando a música pra frente, capturando algo novo, mesmo que ainda mantendo o sabor do vintage e do analógico.
| Teatro Flávio Império. R. Prof. Alves Pedroso, 600, Cangaíba | Tel. 2621-2719. 21/3. Sábado, às 16h. Gratuito. Livre.

Anna Bueno
“Inspiração” é um show no qual a cantora apresenta suas criações musicais e literárias que passeiam da MPB ao jazz, e da bossa nova à poesia declamada. Suas letras nos convidam a refletir sobre nossos atos, pensamentos, conflitos diários, visão de mundo e saúde mental.
| Teatro Flávio Império. R. Prof. Alves Pedroso, 600, Cangaíba | Tel. 2621-2719. 28/3. Sábado, às 16h. Gratuito. Livre.

Café com Viola, Prosa e Poesia
O cantor, músico e apresentador Osvaldo da Viola convida a todos para o Café com Viola, Prosa e Poesia, encontro de músicos, moradores e apreciadores de boa música de viola regional.
| Teatro Flávio Império. R. Prof. Alves Pedroso, 600, Cangaíba | Tel. 2621-2719. 29/3. Domingo, às 11h. Gratuito. Livre.

Reabertura do Teatro Arthur Azevedo
Tom Zé: Eu cantando renascimento
“A reinauguração deste teatro é um acontecimento importante na nossa São Paulo. O recomeço de um espaço de sagrado entretenimento, alegria, convivência e cultura merece este show-comemoração”, diz o artista, que se apresenta com Daniel Maia (guitarra e voz), que produziu seus discos mais recentes, Jarbas Mariz (viola, bandolim, percussão e voz) e Cristina Carneiro (teclados e vocal). “Reelaborei músicas de vários discos, priorizando canções solicitadas pelo público, pessoas que nos escrevem, mandam e-mails, telefonam. Estamos irmanados com todos, faremos Augusta, Angélica e Consolação, Tô, Xique-Xique…”, completa o artista.
| Teatro Arthur Azevedo. Av. Paes de Barros, 955, Mooca, Zona Leste | tel. Tel. 2605-8007. 4/3. Quarta, às 21h. Gratuito. Livre.

Clube do Choro
A roda de choro proporciona a aquisição de repertório e o encontro entre diferentes gerações; aproxima músicos e público do choro em um ambiente descontraído e é um elemento tradicional de resistência da música popular no Brasil, no qual se aprende a forma de tocar, acompanhar, improvisar e compor o Choro. O grupo interage no Teatro Arthur Azevedo com três linguagens: intervenção no dia de reabertura da plateia do espaço, show e roda de choro no decorrer do mês.

Intervenção no Hall de Entrada
| Teatro Arthur Azevedo. Av. Paes de Barros, 955, Mooca, Zona Leste | tel. Tel. 2605-8007. 4/3. Quarta, às 19h30. Gratuito. Livre.

Show no Teatro
| Teatro Arthur Azevedo. Av. Paes de Barros, 955, Mooca, Zona Leste | tel. Tel. 2605-8007. 6/3. Sexta, às 21h. Gratuito. Livre.

Roda de choro no Hall de Entrada
| Teatro Arthur Azevedo. Av. Paes de Barros, 955, Mooca, Zona Leste | tel. Tel. 2605-8007. De 7/3 a 19/12. Sábados, às 17h. Gratuito. Livre.

Camerata Quattro Stagioni
A Camerata Quattro Stagioni foi fundada em 2018 pelo violista João Carlos, que é também seu diretor artístico e maestro titular. Atualmente conta com 32 músicos com experiência em concerto, compositores em outras orquestras e grupos de câmera.
Direção Artística: João Carlos
| Teatro Arthur Azevedo. Av. Paes de Barros, 955, Mooca, Zona Leste | tel. Tel. 2605-8007. 8/3. Domingo, às 11h. R$ 20. Livre.

Gian Correa e os Chorões Alterados
O violonista 7 cordas e o artista plástico Apolo Torres realizam em 2020 o projeto Choro Urbano e Arte Mural, com oito composições de Gian conectadas a oito murais de Apolo pintados pela cidade de São Paulo. Para dar início ao projeto, a primeira obra será pintada no Teatro Arthur Azevedo. Gian Correa e os Chorões Alterados fazem um show de choro comemorando a inauguração da pintura.
| Teatro Arthur Azevedo. Av. Paes de Barros, 955, Mooca, Zona Leste | tel. Tel. 2605-8007. 13/3. Sexta, às 21h. Gratuito. Livre.

Karina Buhr – Voz e Tambor
No palco, Karina, os tambores e o guitarrista Regis Damasceno. São duas congas, ilú, alfaia, pandeiro, xequerê, ganzá e outras percussões que dão o pulso para poesias recitadas de seu livro Desperdiçando Rima, intercaladas por músicas autorais inéditas e algumas do repertório de seus discos solo com arranjos diferentes dos feitos com banda.
| Teatro Arthur Azevedo. Av. Paes de Barros, 955, Mooca, Zona Leste | tel. Tel. 2605-8007. 20/3. Sexta, às 21h. Gratuito. Livre.

Tiê – Dix
Com quatro discos lançados, turnês internacionais, participações em grandes festivais, músicas emplacadas em trilhas sonoras de novelas e diversas parcerias musicais, Tiê celebra seus 10 anos de carreira e o caminho que percorreu até o momento.
| Teatro Arthur Azevedo. Av. Paes de Barros, 955, Mooca, Zona Leste | tel. Tel. 2605-8007. 27/3. Sexta, às 21h. Gratuito. Livre.

Cinema

SP cine
Filmes especiais, de temática LGBTQI, para tirar os pés do chão e romper com todo tipo de preconceito. Acompanhe a programação em @ccdiversidade
| Teatro Décio de Almeida Prado. R. Lopes Neto, 206 – Itaim Bibi. Zona Oeste.| tel. 3079-3438. 4, 11 e 25/3. Quartas, às 20h. Gratuito.

Intervenção Artística

House of Black Queens
Espetáculo formado por drags negras e empoderadas, é uma grande diversão, mas também debatendo homofobia e racismo, inclusive entre membros da comunidade LGBT. Com a drag Da Cota Monteiro e convidadas.
| Teatro Décio de Almeida Prado. R. Lopes Neto, 206 – Itaim Bibi. Zona Oeste.| tel. 3079-3438. 6/3. Sexta, às 21h. Gratuito. Livre.

Drags de Quarta lá no Alfredo
O Projeto Drags de Quarta lá no Alfredo é uma ocupação encabeçada por atores/drags profissionais, com muito humor em cena.
| Teatro Alfredo Mesquita. Av. Santos Dumont, 1.770, Santana. Zona Norte. | tel. 2221-3657. De 4/3 a 25/11. Quartas, às 21h. R$ 30. 18 anos.

Cacilda! O Concurso Drag
Competição entre drags que acontece de uma maneira diferente dos concursos tradicionais. As competidoras participarão mensalmente das provas, sem que haja eliminação, acumulando pontos de acordo com seu desempenho, podendo assim evoluir durante a competição.
| Teatro Alfredo Mesquita. Av. Santos Dumont, 1.770, Santana. Zona Norte. | tel. 2221-3657. 4/3. Quarta, às 21h. R$ 30. 18 anos.

Cassandra! O Concurso de Canto Drag
Competição de canto entre drags na qual, a cada mês, as competidoras cantarão músicas dos mais variados estilos aliados à arte drag. A vencedora será a que obtiver mais pontos ao longo dos 5 meses.
| Teatro Alfredo Mesquita. Av. Santos Dumont, 1.770, Santana. Zona Norte. | tel. 2221-3657. 18/3. Quarta, às 21h. R$ 30. 18 anos.

Noite de Gala
Neste encontro de gerações, uma oportunidade de trazer grandes nomes da cena drag/transformista para contar sua história, performar números clássicos e bater um papo com as novas gerações.
| Teatro Alfredo Mesquita. Av. Santos Dumont, 1.770, Santana. Zona Norte. | tel. 2221-3657. 25/3. Quarta, às 21h. R$ 30. 18 anos.

Cacilda Toda Terça
Os principais artistas improvisadores da cidade com experimentos e espetáculos nos quais se arriscam em novas e divertidas propostas de temas, atuação, jogo e criação.
| Teatro Cacilda Becker. Rua Tito, 295, Lapa. Zona Oeste. | tel. 3864-4513. De 3/3 a 24/11. Terças, às 21h. Gratuito. Livre.

Mal de Família – uma novela teatral
Débora, uma jovem independente, recebe a visita da mãe, Marta, depois de anos de rompimento. Traz más notícias. Morrerá em breve de Síndrome de Marta.
| Teatro Cacilda Becker. Rua Tito, 295, Lapa. Zona Oeste. | tel. 3864-4513. 3/3. Terça, às 21h. R$ 30. 12 anos.

Impersonights – Cabaré de Imitações
Inspirado nos antigos shows de transformismo brasileiro, Impersonigth é um espetáculo em formato de vaudeville no qual o público seleciona, dentro de um tema proposto, as personalidades imitadas no palco.
| Teatro Cacilda Becker. Rua Tito, 295, Lapa. Zona Oeste. | tel. 3864-4513. 17/3. Terça, às 21h. R$ 30. 12 anos.

Sarall o Sarau de Todos
Dentro do projeto de ocupação no Cacilda Becker, o SarALL volta a acontecer sempre às terceiras terças do mês com o palhaço Adão como MC e artistas da CASA360, com participação do público.
| Teatro Cacilda Becker. Rua Tito, 295, Lapa. Zona Oeste. | tel. 3864-4513. 24/3. Terça, às 21h. R$ 30. 12 anos.

Comédia Cara Limpa
O Comédia Cara Limpa desconstrói o lugar comum e traz diversidade para o palco. Grupos de mulheres, negros e LGBTs assumem o comando do microfone para fazer um humor provocativo.
| Teatro Cacilda Becker. Rua Tito, 295, Lapa. Zona Oeste. | tel. 3864-4513. 31/3. Terça, às 21h. R$ 30. 12 anos.

Show

Rosa Luz
A performer, compositora, cantora e youtuber Rosa Luz, do Distrito Federal, compartilha em suas artes a experiência de ser uma mulher trans, negra e periférica. Seu EP “Rosa Maria Codinome Rosa Luz” é poesia de resistência. Atira no racismo, no machismo e na transfobia com rimas certeiras.
| Teatro Décio de Almeida Prado. R. Lopes Neto, 206 – Itaim Bibi. Zona Oeste.| tel. 3079-3438. 26/3. Quinta, às 21h. Gratuito. Livre.

Cabaret da Salete Campari
Show ‘cabaretiano’ de Salete Campari, um dos grandes nomes da cultura LGBT de São Paulo, traz ao palco do CC Diversidade drag queens precursoras da cena paulistana, de diferentes gerações e estilos.
| Teatro Décio de Almeida Prado. R. Lopes Neto, 206 – Itaim Bibi. Zona Oeste.| tel. 3079-3438. 27/3. Sexta, às 21h. Gratuito. Livre.

Oficina

Dança de salão LGBTQIA+
Aulas destinadas a todas as pessoas que tenham vontade de dançar a dois. É o experimentar a dança com liberdade e respeito.
| Teatro Décio de Almeida Prado. R. Lopes Neto, 206 – Itaim Bibi. Zona Oeste.| tel. 3079-3438. De 3 a 28/3. Terças e sábados, às 16h. Gratuito. Livre.

Yoga
Ministrada pela instrutora Alexandra Araújo, incentiva as práticas corporais e meditativas para a manutenção da saúde mente-corpo.
| Teatro Décio de Almeida Prado. R. Lopes Neto, 206 – Itaim Bibi. Zona Oeste.| tel. 3079-3438. Quartas, das 19h30 às 21h30. Gratuito. Livre.

Perna de Pau
A partir da exploração do movimento do corpo e das sensações afetivas, descobre possibilidades de comunicação do corpo performático na perna de pau, embasado numa estética poética e política.
| Teatro Décio de Almeida Prado. R. Lopes Neto, 206 – Itaim Bibi. Zona Oeste.| tel. 3079-3438. Quintas, das 19h às 21h. Gratuito. Livre.

Workshop

Grafite com Rafa Mon
Famosa por grandes painéis no país, Rafa Mon explica suas técnicas e temas para outros grafiteiros, artistas de diferentes linguagens e pessoas que querem descobrir o mundo do grafite.
| Teatro Décio de Almeida Prado. R. Lopes Neto, 206 – Itaim Bibi. Zona Oeste.| tel. 3079-3438. 5 e 6/3. Quinta e sexta, das 14h às 17h. Gratuito. Livre.

Mostra

1ª ocupação mulheres protagonistas
Nesta ocupação, Damas Produções convidou trabalhos criados e protagonizados por mulheres artistas. Promove um espaço de compartilhamento entre mulheres artistas e o público. Teatro, dança, performances e bate-papo com mulheres cis e trans, lésbicas, heterossexuais, bissexuais, negras, brancas e periféricas.

Narrativas Construídas por Mulheres
As integrantes do bate-papo vão expor seus trabalhos e estabelecer diálogos entre suas trajetórias e a produção de mulheres na cidade. Com mediação de Silvana Garcia e mesa formada por Maria Fanchin, Natália Mallo, Ave Terrena, Tatiana Ribeiro, Silvia Gomez, Drica Czech, Bárbara Esmenia e Dione Carlos.
| Teatro Arthur Azevedo. Av. Paes de Barros, 955, Mooca, Zona Leste | tel. Tel. 2605-8007. 6/3. Sexta, às 19h. Gratuito. 16 anos.

Intento, 00035 – ça m’ernerve!!!
Nesta performance, Zuleika Brit se despe perante o público e revela cada detalhe de seu corpo. Um corpo preso. Um corpo paralisado. Um corpo que já não pode mais agir… O que acontece depois?
Concepção e Performance: Estela Lapponi
| Teatro Arthur Azevedo. Av. Paes de Barros, 955, Mooca, Zona Leste | tel. Tel. 2605-8007. 7/3. Sábado, às 19h. R$ 30. 18 anos.

Melancias
Parte de uma série de ações performativas experimentais que dá visibilidade à urgência de discutirmos e expandirmos o entendimento sobre a relação entre o corpo, o movimento e o erotismo nas artes do corpo e na vida. O erotismo na dança e na performance.
Performance: Leticia Sekito
| Teatro Arthur Azevedo. Av. Paes de Barros, 955, Mooca, Zona Leste | tel. Tel. 2605-8007. 7/3. Sábado, às 20h. R$ 30. 18 anos.

Socorro, se Eu Fosse Você eu me Movia
So.corro é trabalho. é Obra! “É obra de arte? É dança? É teatro? É de grupo? É político? é de direita ou de esquerda? É ato? É manifestação? É protesto? Pode participar? Pode rir? É pra chorar?
Intérprete: Erika Moura | Diretora: Natália Siufi
| Teatro Arthur Azevedo. Av. Paes de Barros, 955, Mooca, Zona Leste | tel. Tel. 2605-8007. 8/3. Domingo, às 17h. R$ 30. 18 anos.

Não Cala! Cabaré Feminista
Junção e inquietação de mulheres integrantes de coletivos artísticos de São Paulo, o cabaré é um manifesto com canções e poesias que provocam reflexão e debate sobre a mulher contemporânea.
Direção: Fernanda Azevedo e Beatriz Calló
| Teatro Arthur Azevedo. Av. Paes de Barros, 955, Mooca, Zona Leste | tel. Tel. 2605-8007. 8/3. Domingo, às 17h40. R$ 30. 18 anos.

Senhora X, Senhorita Y
Sob o pretexto de representar a peça A Mais Forte, de August Strindberg, duas atrizes e uma performer sonora se lançam em um jogo pelo qual intercambiam diversos papéis, explorando com humor ácido as construções heteronormativas do feminino sugeridas pelo texto.
Direção: Silvana Garcia
| Teatro Arthur Azevedo. Av. Paes de Barros, 955, Mooca, Zona Leste | tel. Tel. 2605-8007. De 13 a 15/3. Sexta e sábado, às 19h, e domingo, às 17h. R$ 30. 18 anos.

Plantar Cavalos para Colher Sementes: Manifestos Femininos e Feministas
Livremente inspirada no manifesto Falo pela Minha Diferença, do ativista chileno Pedro Lemebel, é uma peça-manifesto onde cada artista traduz em cena seu lugar de fala, revelando a vivência como algo que se inscreve no corpo e na carne, a experiência como discurso.
Direção: Ronaldo Serruya
| Teatro Arthur Azevedo. Av. Paes de Barros, 955, Mooca, Zona Leste | tel. Tel. 2605-8007. 20 a 22/3. Sexta e sábado, às 19h, e domingo, às 17h. R$ 30. 18 anos.

2[duas]
Duas mulheres desconhecidas visitam o mesmo imóvel para alugar e, sem saber, possuem as mesmas inquietações. A incompletude e a solidão no mundo contemporâneo com ironia e humor.
Texto: Maíra de Grandi | Direção: Teatro Enlatado
| Teatro Arthur Azevedo. Av. Paes de Barros, 955, Mooca, Zona Leste | tel. Tel. 2605-8007. 27 e 28/3. Sexta e sábado, às 19h. R$ 30. 18 anos.

Deus me Dê a Confiança de um Homem Branco Medíocre
Uma mulher se encontra trancada dentro de si, perdeu a chave, esqueceu a senha e é obrigada a refazer sua trajetória para achar onde perdeu o controle da vida. Fortalezas e certezas colocadas à prova.
Interpretação e Texto: Maíra de Grandi
| Teatro Arthur Azevedo. Av. Paes de Barros, 955, Mooca, Zona Leste | tel. Tel. 2605-8007. 29/3. Domingo, às 17h. R$ 30. 18 anos.

Dança Infantil

Presente! Feito da Gente
O espetáculo brinca com a nossa maneira de ver e de nos relacionarmos com os elementos e materiais da natureza. Abre espaço para o vasto mundo do brincar e do imaginário.
Direção: Georgia Lengos
| Teatro Alfredo Mesquita. Av. Santos Dumont, 1.770, Santana. Zona Norte. | tel. 2221-3657. 1/3. Domingo, às 16h. Gratuito. Livre.

Fonte: Secretaria Municipal da Cultura