- Propaganda -spot_img
InícioCidadeProjeto Ruas SP aprova mais de 110 bares e restaurantes em toda...

Projeto Ruas SP aprova mais de 110 bares e restaurantes em toda a cidade

- Propaganda -spot_img

Iniciativa contribui para a retomada econômica do setor ao permitir que estabelecimentos usem a faixa de estacionamento na rua para atendimento ao público

A cidade de São Paulo já autorizou 114 bares e restaurantes a participarem do Projeto Ruas SP. A iniciativa da Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Urbanismo e Licenciamento (SMUL), contribui para a retomada econômica do setor prejudicado pela pandemia, ao permitir que os estabelecimentos ampliem o atendimento ao público com a instalação de mesas e cadeiras em vagas de estacionamento regulamentado nas ruas. Todos os protocolos sanitários e regras para o uso do espaço público ao ar livre devem ser respeitados.

O Projeto Ruas SP foi ampliado em abril deste ano para toda a capital, após ser considerado positivo o projeto-piloto implantado na região central em 2020. O objetivo é oferecer auxílio ao setor de bares e restaurantes e reduzir os riscos de transmissão da Covid-19 durante a fase de retomada das atividades na cidade. Atualmente não há mais restrições nos horários de funcionamento dos estabelecimentos e a expectativa da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) é de alta de 5% no faturamento neste segundo semestre em comparação ao mesmo período de 2019 (pré-pandemia).

Desde os primeiros estabelecimentos aprovados em maio deste ano, o Projeto Ruas SP já chegou a dez subprefeituras da cidade: Freguesia/Brasilândia, Ipiranga, Lapa, Mooca, Pinheiros, Pirituba/Jaraguá, Santo Amaro, Sé, Vila Mariana e Vila Prudente. A localização de cada estabelecimento pode ser vista neste mapa digital.

Os bares e restaurantes receberam autorização (Termo de Permissão Eletrônica – TPE) da SMUL após apresentarem projetos de instalação do mobiliário para o atendimento ao ar livre. Como parte do Projeto, a Prefeitura criou um selo para ser fixado nos estabelecimentos. Clique aqui para acessá-lo.

A Prefeitura não cobra taxa pela adesão ao Projeto Ruas SP, porém, o custo para implantação do mobiliário é dos estabelecimentos. Para ajudar a viabilizá-lo, o Município autorizou a inserção de marcas e logotipos de patrocinadores em mesas, cadeiras e guarda-sóis, respeitando as regras da Lei Cidade Limpa (Lei nº 14.223/2006).

A fiscalização do uso dos espaços públicos é de responsabilidade das Subprefeituras. Porém, cabe a cada proprietário garantir o cumprimento das exigências de segurança sanitária e social. O abandono, a desistência ou o descumprimento das obrigações estabelecidas em decreto farão com que o responsável tenha que restaurar o logradouro público ao seu estado original.

Vias selecionadas

Os 114 estabelecimentos aprovados estão localizados em vias das 166 autorizadas até o momento a receber o Projeto Ruas SP por atenderem às exigências estabelecidas na legislação, como possuir faixa de rua destinada ao estacionamento de veículos para instalação de mesas e cadeiras, não ocupar faixas exclusivas de ônibus, ciclovias ou ciclofaixas e não estar localizado em via de grande fluxo de veículos. A Prefeitura está definindo novas vias de forma progressiva, observando as condições sanitárias, técnicas e sociais existentes na cidade.

Participação

A Prefeitura elaborou um guia ilustrado que mostra, passo a passo, como solicitar autorização para instalar mesas e cadeiras para o atendimento ao público em vagas de estacionamento na rua. No material, o estabelecimento interessado encontrará o link de acesso para preencher sua manifestação de interesse e conferir a relação de documentos exigidos para pedir a licença de uso do espaço público. Caso a rua onde estiver situado o bar ou restaurante ainda não esteja contemplada pelo Ruas SP, o proprietário poderá indicá-la para análise da Prefeitura. A inscrição é totalmente online e gratuita.

Para saber mais sobre o Projeto, conferir as etapas necessárias para solicitar a adesão, consultar as vias aprovadas, conferir a legislação completa e muito mais, acesse o site da SMUL

- Propaganda -spot_img
Deve ler!
- Propaganda -spot_img
Notícias relacionadas
- Propaganda -spot_img

Deixe uma resposta.

Por favor, escreva seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui