Um vídeo, dois números, cinco segundos. Essa equação transformou Bettina Rudolph, 22 anos, uma garota que dá dicas de investimentos, em uma celebridade da web na última semana. Responsável por um anúncio em que falava da multiplicação de seu patrimônio, de R$ 1,5 mil para mais de R$ 1 milhão, a garota nascida em São Paulo (SP), mas de uma família com raízes no Vale do Itajaí, virou meme, foi alvo de zoações e também de questionamentos.

Formada em Administração na Universidade Regional de Blumenau (Furb), ela se tornou o assunto mais comentado do Twitter. Tudo por conta da frase “oi, eu sou Bettina, tenho 22 anos, e R$ 1,042 milhão de patrimônio acumulado” que marcava um vídeo patrocinado no YouTube. Qualquer pessoa que estivesse assistindo a algo, em algum momento, iria se deparar com a jovem dando dicas do que fazer para tornar-se alguém bem-sucedido no investimento.

Segue entrevista feita com a Bettina:

A repercussão foi tão grande que a jovem radicada em Blumenau virou meme (palavra que resume algo relacionado ao humor e que se espalha pela internet). As brincadeiras tomaram conta da web e transformaram Bettina em uma celebridade instantânea. Ao Santa, a jovem disse que leva na boa tudo que está rolando nos últimos dias desde que o anúncio explodiu nas redes sociais. E até brinca: diz que vai guardar todos os memes para mostrar aos filhos.

A peça publicitária também reacendeu a discussão sobre privilégios, fazendo com que Bettina virasse alvo de mais críticas. Internautas resgataram vídeos da jovem que esclareceriam que o dinheiro que a moça possui, viria de família. “O que irrita as pessoas no caso Bettina não é o fato dela ser privilegiada, mas sim aquele papo insuportável do ‘eu fiquei rico, agora me dá seu dinheiro que vou te ensinar a ficar rico também, é fácil, venha ver meu segredo’. Ninguém aguenta mais isso.”, escreveu, no Twitter o YouTuber Felipe Neto, que há alguns meses desabafou sobre o dinheiro não trazer felicidade.

Bettina diz que já foi modelo, pesquisadora da Fecomercio, professora, e se apaixonou pelo mercado financeiro.