Bruna Marquezine surge só de toalha em clique feito em bastidor de filme. Diretor do filme ‘Vou Nadar Até Você’, Klaus Mitteldorf resgatou clique registrado durante as gravações do longa com Bruna Marquezine, em 2016.

Em seu Stories, a atriz repostou a imagem e divulgou a versão livro da história de Ophelia, sua personagem. Saiba mais!Bruna Marquezine apareceu só de toalha em novo clique inédito feito pelos bastidores do filme “Vou Nadar Até Você”, nesta terça-feira (23).

No Instagram de Klaus Mitteldorf, o diretor do filme compartilhou duas imagens registradas pelo profissional Renan Hackradt enquanto rodavam o longa para divulgar a venda do livro.

“Vocês sabiam que o salto da ponte Pensil de São Vicente foi filmado logo no primeiro dia das filmagens, em 2016, e que a cena de Ophelia na banheira foi a primeira dia seguinte? Vocês vão gostar”, assegurou.

Foto: Redes Sociais

DIRETOR ELOGIA MARQUEZINE

O diretor do longa “Vou nadar até você”, Klaus Mitteldorf elogiou a desenvoltura de Bruna Marquezine em estreia nos cinemas.

“Não é uma atriz qualquer. Além de ser uma pessoa maravilhosa e companheira, ela ‘viveu’ o papel de Ophelia durante quase um ano. E aprendeu a nadar como ninguém. Virou uma exímia nadadora. E quando começamos as filmagens, em junho de 2016, Ophelia estava pronta. E muito mais do que eu poderia ter imaginado.

Bruna tinha virado a Ophelia que sempre sonhei. O mundo vai se surpreender”, declarou. O filme foi lançado em março deste ano e a pré-estreia contou o prestigio de duas amigas da artista: Priscilla Alcântara e Maisa Silva.

PREPARO FÍSICO PARA VIVER OPHELIA

Contudo na história, Bruna Marquezine dá vida a jovem fotógrafa que decide ir atrás de um encontro do laço familiar e conhecer seu pai, nadando.

“A Ophelia é peixe! A água é a zona de conforto dela e foi importante entrar em contato com esse lugar de serenidade que antes eu não conhecia. Eu já sabia nadar, mas não sabia nadar como Ophelia. Foi incrível me preparar fisicamente, o que acabou me ajudando a entender a força dessa mulher e do que acontece dentro da água.”

“Ir a nado até o objetivo final dela era simbólico e importante para todos os seres humanos conhecerem suas raízes. E a arte é a forma mais eficaz de tocar as pessoas”, disse a famosa, que diz ter se redescoberto como atriz após experiência.

Ademais ao lançar primeiro filme no Festival de Gramado, Bruna não segurou a emoção ao ver seus pais, Neide e Telmo Maia, da plateia.

*Com colaboração de conteúdo de Purepeople

Visite nossa página Acontece Agora no Facebook e faça parte da nossa comunidade.

Conheça a Página Inicial do Nosso Site para conhecer as notícias do dia!