Brasileiros viajam ao Líbano em missão humanitária. Grupo é chefiado por Michel Temer, que precisou de autorização judicial para deixar o país.

Em outras palavras, dois aviões da Força Aérea Brasileira vão decolar nesta quarta-feira (12) para o Líbano transportando seis toneladas de remédios, alimentos e equipamentos de saúde.

Entretanto, a missão humanitária brasileira será chefiada pelo ex-presidente Michel Temer, que conseguiu autorização da Justiça para viajar, já que é réu em processos ligados à operação Lava Jato. O convite para Temer partiu do presidente Jair Bolsonaro.

O presidente da República estará na cerimônia de decolagem das aeronaves nesta manhã no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos.

Contudo, a expectativa é de que a missão humanitária chegue a Beirute na quinta-feira (13) à tarde. Já o retorno está previsto para sábado (15).

Representantes do grupo

Então, estão acompanhando os senadores Nelsinho Trad (PSD-MS) e Luiz Osvaldo Pastore (MDB-ES), além de secretários do governo federal, assessores e o presidente da Fiesp (Federação das Indústrias de SP), Paulo Skaf.

Na semana passada, metade da capital do Líbano foi afetada por uma explosão na região portuária. Mais de 150 pessoas morreram e cerca de 6 mil ficaram feridas.

*Com colaboração de conteúdo de Metro Jornal

Visite nossa página Acontece Agora no Facebook e faça parte da nossa comunidade.

Conheça a Página Inicial do Nosso Site para conhecer as notícias do dia!