Roger Abdelmassih volta ao presídio a mando da Justiça de SP. Justiça de SP expede mandado para que Roger Abdelmassih retorne ao presídio

De acordo com a 3ª Vara das Execuções Criminais de São Paulo, foi expedido na manhã desta segunda-feira (31), um mandado de prisão.

O mandado foi para o ex-médico Roger Abdelmassih, condenado a mais de 173 anos de reclusão pelo estupro de 56 pacientes.

Roger Abdelmassih estava em prisão domiciliar por conta da pandemia de covid-19.

Na sexta-feira (28), a Justiça determinou que ele deixe o regime domiciliar e volte a cumprir pena no presídio de Tremembé. 

Os policiais chegaram à casa do ex-médico, na zona oeste da capital paulista, por volta das 11h30 desta segunda.

O desembargador José Raul Gavião de Almeida atendeu a um recurso do Ministério Público de São Paulo, que alega que o ex-médico pode ter todos os cuidados que precisa na cadeia.

O MP disse ainda que a penitenciária não tem nenhum óbito confirmado de covid-19.

Almeida argumenta que cumprir a pena em casa é “privilégio restrito aos beneficiários do regime aberto” e que o caso não se aplica a Abdelmassih.

*Com colaboração de conteúdo de Metro Jornal

Visite nossa página Acontece Agora no Facebook e faça parte da nossa comunidade.

Conheça a Página Inicial do Nosso Site para conhecer as notícias do dia!