O governo estadual anunciou nesta terça-feira (24) que firmou uma parceria com a empresa Google para promover aulas online para estudantes da rede pública de ensino. A medida tem como objetivo dar continuidade às atividades escolares em meio à pandemia do novo coronavírus

Antes previsto para o dia 30, o retorno das aulas presenciais foi adiado por tempo indeterminado, já que as medidas restritivas de circulação foram intensificadas pelo governador Wilson Witzel. 

Para os alunos que não têm acesso à internet, a Seeduc (Secretaria Estadual de Educação) vai oferecer o material impresso nas residências dos estudantes.

Em caso de necessidade, eles poderão ter aulas reforço, quando a atividade presencial for normalizada.

Já a definição sobre o método de avaliação e o calendário de provas bimestrais ainda depende do tempo de interrupção do trabalho nas escolas.