Cidade já conta com 350.460 crianças matriculadas na Rede de Ensino Direta e Conveniada, atingindo novo recorde histórico

Nesta quinta-feira (09) a Prefeitura de São Paulo anunciou os números da Educação Infantil, a Prefeitura conseguiu reduzir 50,9% a fila por espera entre os anos de 2018 e 2019, chegando a menor fila histórica com 9.670 crianças aguardando por vaga, no ano passado estavam registradas na fila 19.670 crianças.

Quando comparamos o aumento no número de vagas utilizando o último trimestre de 2016, a Gestão Dória-Covas criou 66,2 mil vagas até dezembro de 2019. O aumento no número de matrículas foi de 23%, saindo de 284.179 para 350.460. 

A Educação Infantil é dividida entre as creches, Centros de Educação Infantil (CEIs) e Escolas Municipais de Educação Infantil (EMEIs). O CEI atende crianças de 0 a 3 anos e a EMEI de 4 a 5. O fim da fila na Pré-Escola ocorreu pela primeira vez em 2017.

Os números refletem a ação da Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal de Educação (SME) e a preocupação com esta faixa etária. É importante esclarecer que os dados comparam apenas as matrículas de alunos que estão na rede direta ou conveniada na cidade, excluindo o atendimento com os novos Programas: Mais Creche e Bolsa Primeira Infância.

“Estamos ampliando o número de CEMEIs, que funcionarão nos 12 CEUs que serão inaugurados em 2020. Também atuamos junto à rede conveniada ampliando as vagas e garantindo a qualidade e atendimento dos nossos alunos”, afirma o secretário Bruno Caetano.

Os dados estão disponíveis no site da Secretaria Municipal de Educação e podem ser consultados através do link: https://educacao.sme.prefeitura.sp.gov.br/card/demanda/

MAIS TRANSPARÊNCIA

Em 2019, a Secretaria Municipal de Educação investiu em mudanças tecnológicas e para melhorar a interação mudou o acesso de informação no site “Vaga na Creche” https://vaganacreche.sme.prefeitura.sp.gov.br/vaga-na-creche/creches que agora mostra a espera por vaga em cada um dos CEIs da cidade de São Paulo.

A expectativa é que com mais essa possibilidade as famílias possam tomar a decisão com mais clareza ao solicitar uma vaga, a ferramenta permite a consulta por eventuais vagas livres nos Centros de Educação Infantil (CEIs). A pessoa novamente seleciona o mês e ano de nascimento da criança e opta por uma das três categorias de busca (Distrito, Subprefeitura ou Diretoria Regional de Educação – DRE). Depois, basta escolher a área específica na qual deseja realizar a consulta. A plataforma então informa se há (e quantos e quais são) Centros de Educação Infantil com vagas remanescentes para atendimento àquela faixa etária naquela região (e, em caso positivo, quantas vagas disponíveis há em cada CEI em questão).

“Poder consultar as eventuais vagas remanescentes em todo município permitirá às famílias que ainda não conseguiram uma vaga próxima à sua residência avaliar se a localização das vagas livres atende a sua necessidade mais urgente”, explica Bruno Caetano, secretário de Educação Municipal.