Segundo informações da Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp), a malha rodoviária sob concessão do Estado equipada com wi-fi para atendimento aos motoristas tem cerca de 350 quilômetros, extensão que equivale à distância entre São Paulo e Ribeirão Preto ou ida e volta da capital paulista até Piracicaba.

O crescimento da rede, que proporciona atendimento mais ágil e melhora ainda mais o suporte dado aos usuários, ocorre em razão do início da operação da rede de comunicação sem fio em parte da malha sob operação da Entrevias, concessionária responsável por 570 quilômetros de rodovias entre os municípios de Florínea, na divisa com o Paraná e Igarapava, próximo a Minas Gerais.


Serviços:
A tecnologia permite aos usuários o contato direto com a concessionária para solicitar a prestação de serviços (socorro mecânico, por exemplo) e informações. A Entrevias passará a oferecer o serviço, batizado na malha da concessionária de “Entrevias S.O.S. Wi-Fi”, aos motoristas que utilizam trechos sob sua administração nas rodovias SP-333 e SP-294, na região de Marília.

São 271 quilômetros entre as cidades de Borborema e Florínea. A primeira rodovia do Programa de Concessões paulista a ser equipada com a inovação tecnológica foi a Tamoios (SP-099), que liga o Litoral Norte à região do Vale do Paraíba, no qual o início da operação ocorreu em 5 de fevereiro do ano passado.

Ao todo, são cerca de 70 quilômetros da malha sob operação da Concessionária Tamoios dotadas de wi-fi. No mesmo mês, no dia 28, foi concluída a obra de prolongamento da Rodovia Carvalho Pinto, em Taubaté, também no Vale do Paraíba, que já foi entregue ao tráfego com a tecnologia. Vale destacar que são quase nove quilômetros cobertos por wi-fi.