Os 12 primeiros online serão realizados entre junho e julho com o objetivo de criar oportunidades para micro e pequenas empresas

Micro e pequenas empresas do Estado de São Paulo terão a oportunidade de negociar produtos e serviços com grandes compradores durante a Rodada de Negócios Virtual promovida pelo Sebrae-SP. Os 12 primeiros encontros online serão realizados entre junho e julho e as inscrições para participação são gratuitas.

De acordo com o diretor-superintendente do Sebrae-SP, Wilson Poit, um dos desafios do pequeno empresário é acessar o mercado. “Dificilmente um pequeno empresário tem a oportunidade de negociar com grandes empresas, ainda mais com a pandemia. É justamente isso que a Rodada de Negócios Virtual vai proporcionar: ajudar o pequeno a ampliar o mercado. Mesmo que o negócio não seja fechado no dia, é uma oportunidade de começar futuras negociações”, destaca.

Estão previstas reuniões multissetoriais com grandes compradores e encontros específicos para a cadeia de saúde e de alimentos e bebidas. Além de negociar produtos e serviços, os empresários poderão realizar parcerias, joint ventures, sociedades, investimentos, transferência de tecnologia, entre outras iniciativas.

A partir das pré-inscrições, o Sebrae-SP fará o mapeamento de oportunidades de negócios e o cruzamento de oferta e demanda. Um workshop ajudará os empreendedores a se prepararem para a negociação com tutoriais sobre o ingresso na plataforma e cada rodada poderá contar com a participação de até 200 empresas. Os interessados em participar da Rodada de Negócios Virtual podem buscar mais informações no 0800 570 0800.

Calendário

2 de junho: multissetorial com grandes compradores

4 de junho: multissetorial com grandes compradores

9 de junho: alimentos e bebidas

16 de junho: saúde

18 de junho: alimentos e bebidas

23 de junho: saúde

25 de junho: alimentos e bebidas

30 de junho: multissetorial com grandes compradores

2 de julho: saúde

7 de julho: alimentos e bebidas

9 de julho: multissetorial com grandes compradores

14 de julho: saúde

Fonte: PEGN / Imagem em destaque: Pexels