- Propaganda -spot_img
InícioBem-estarSetor de beleza segue como melhor investimento por seu desempenho

Setor de beleza segue como melhor investimento por seu desempenho

- Propaganda -spot_img

Ainda podemos dizer que a pandemia traz reflexos no dia a dia das pessoas e das empresas. A economia do País segue em recuperação e, em maior ou menor escala, todos os setores sentiram os efeitos pandêmicos. Contudo, alguns deles conseguiram superar o pior momento com crescimento, como é o caso de Saúde, Beleza e Bem-estar.

Uma pesquisa realizada no ano passado pela Euromonitor, empresa de pesquisa de mercado, já tinha atestado que o Brasil é o quarto maior mercado de beleza e cuidados pessoais do mundo. E mesmo com a pandemia, seguiu evoluindo.

E isso se deu por conta do movimento dos consumidores em busca de cuidados. A prova disso foi o levantamento realizado pelo GetNinjas, aplicativo de contratação de serviços, que registrou mais de 200 mil solicitações de serviços na categoria de Beleza em 2020, representando incremento de 54%, se comparado com 2019. Os profissionais mais procurados foram manicures, pedicures e cabeleireiros.

Já no segmento de franquia, ainda no ano passado, segundo a ABF (Associação Brasileira de Franchising) o nicho de Saúde, Beleza e Bem-estar faturou cerca de R$ 34,7 bilhões. Já no 1º trimestre de 2021, o segmento registrou crescimento 12,7% e de 3,6% em número de unidade, podendo encerrar o ano com R$ 38,9 bilhões em faturamento.

A voz de quem vive o segmento

Maurício Cesar, CEO da Unhas Cariocas Group, detentor das marcas Unhas Cariocas, Escova Express e Alona Laboratórios; e especialista no nicho de Saúde, Beleza e Bem-estar afirma que o mercado foi amplamente favorecido pela busca das pessoas em cuidados pessoais.

“Pesquisas e estudos mostram isso. As pessoas passaram a se cuidar mais, inclusive, durante a pandemia. Com salões fechados, os produtos cosméticos foram a bola da vez, mas agora, com a retomada, as empresas do setor estão cada vez com mais clientes. E outro fato fundamental: beleza deixou de ser só para mulheres. Aumentou, também, o número de homens que se cuidam”, afirma Maurício.

Com isso, para investidores, o CEO atesta que o mercado é o mais promissor. “Eu atuo com franquias há 20 anos e criamos a Unhas Cariocas em 2017. Tivemos um crescimento exponencial neste período, em especial entre 2020 e 2021, por incrível que pareça, e já nos tornamos a maior rede de franquia de esmalteria do mundo. Isso é reflexo do segmento que atuamos, que é bem resistente às crises, e da procura do consumidor. Para quem quer investir este é o melhor nicho e o melhor momento”, finaliza.

- Propaganda -spot_img
Deve ler!
- Propaganda -spot_img
Notícias relacionadas
- Propaganda -spot_img

Deixe uma resposta.

Por favor, escreva seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui