A advogada Simone Sabin, que trabalhou na campanha do deputado Bibo Nunes, cometeu racismo com Youtuber conhecido como Rafinha BK, que ficou famoso por questionar o movimento negro, com pautas mais liberais e ligadas a direita.

No vídeo em que participa com o Youtuber e deputado Arthur do Val, do canal Mamãe Falei:

O vídeo tem mais de meio milhão de visualizações.

A advogada fez o comentário, em uma conversa por Whatsapp, quando comentava sobre o Youtuber, que também ajudava na eleição do deputado Bibo Nunes, do PSL.

Ela acabou se desentendendo com o deputado Bibo Nunes, e acabou ajudando na campanha de outro deputado do PSL. Assim que saiu, algumas pessoas contaram e mostraram algumas conversas sobre os comentários que ela fazia sobre o youtuber Rafinha.

Em suas palavras, ela disse: “Tu viu o Rafinha hoje. Desculpa o que vou falar. Mas meu avô teve escravo e sempre dizia negro de canela grossa é vagabundo”.

Ao saber do fato, Rafinha, acabou não fazendo um B.O. por não ter tempo na época, e respondeu a chamando de bruxa, e não insistiu mais na história. A advogada ao descobrir isso, o processou, alegando ameaça, mesmo não tendo sido feita.

O youtuber, fez uma publicação através de seu perfil social, lamentando sobre o fato ocorrido, ele nem iria fazer a divulgação, mas após ela o processar criminalmente de maneira caluniosa, segundo o Youtuber, ele acabou fazendo a divulgação das agressões:

Um pouco sobre o trabalho do Youtuber: