Cara de pau: Stédile admite que o MST recebia verbas de ONGs da Alemanha e Noruega

  Em trecho de uma entrevista antiga feita pela Rede Bandeirante,  Stédile confirmou que o  MST recebia verbas oriundas de ONGs da Alemanha e Noruega. 

  Perguntado por um dos entrevistadores se não havia segunda intenções nessa ajuda estrangeira, o líder do MST desconversou e disse: “Parem de ficar com essas paranoias”. 

  Para os inocentes de plantão, ainda resta alguma dúvida de quais são as reais intenções dessas ONGs estrangeiras?