Parceria SPUrbanuss, Socicam e SPTrans garante equipamento com 64 vagas

imagem: Divulgação

O Terminal Princesa Isabel passa a dispor a partir de amanhã, feriado de 1º Maio, Dia do Trabalho, de um novo bicicletário.

O equipamento, com 64 vagas, é fruto de parceria entre a SPUrbanuss (Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Passageiros de SP), Socicam (que administra o espaço) e a SPTrans – São Paulo Transporte.

Com o aumento do uso de bicicletas na cidade, a integração com os modos de transporte de massa é essencial para a mobilidade sustentável. Mas para isso a infraestrutura necessária é fundamental, como a instalação de bicicletários junto a terminais de ônibus, trens e metrô.

PRINCESA ISABEL ESTÁ NA MIRA PARA CONCESSÃO À INICIATIVA PROVADA

A prefeitura quer que o Terminal Princesa Isabel seja o primeiro a ser repassado para a responsabilidade de uma empresa ou consórcio nos moldes propostos pelo programa de desestatização da cidade, e é uma das apostas da prefeitura para revitalizar a área, conhecida como cracolândia.

No entanto, o edital tem passado por questionamentos e necessidades de reformulações. No dia 15 de abril de 2019 a gestão Bruno Covas publicou o aviso de suspensão da concorrência sem informar data prevista para a retomada.

Além de se livrar dos encargos de manutenção dos terminais, com as concessões, a prefeitura quer passar para a iniciativa privada a incumbência de revitalizar as áreas que ficam no entorno, num raio de 600 metros.

A empresa ou consórcio terá de fazer intervenções como melhoria de iluminação, calçadas com acessibilidade, asfaltamento e implantação de ciclovias, sinalização, jardins e lixeira.

A cidade de São Paulo possui 27 terminais municipais de ônibus: Amaral Gurgel, Antônio Estêvão de Carvalho, Aricanduva, Bandeira, Campo Limpo, Capelinha, Casa Verde, Cidade Tiradentes, Grajaú, Guarapiranga, Jardim Ângela, João Dias, Lapa, Mercado, Parelheiros, Parque Dom Pedro II, Penha, Pinheiros, Pirituba, Princesa Isabel, Sacomã, São Miguel, Santo Amaro, Sapopemba, Varginha, Vila Carrão, Vila Nova Cachoeirinha.

Fonte: Diário do Transporte (Alexandre Pelegi)