Na primeira década de existência da Pixar, os estúdios se tornaram bastante conhecido por criarem histórias bastante originais, com personagens novos e mundos nunca antes vistos. De qualquer forma, a companhia não era conhecida por realizar sequências – com exceção de ‘Toy Story 2’, que saiu quatro anos depois de seu predecessor.

Agora, esse cenário mudou completamente e, dentre os dez últimos filmes lançados pela empresa, sete foram sequências ou prequência de produções anteriores – incluindo ‘Universidade Monstros’, ‘Carros 3’, ‘Toy Story 3’ e ‘Os Incríveis 2’. ‘Toy Story 4’entrará para a lista de continuações diretas ao chegar aos cinemas em meados deste ano, mas parece que a Pixar voltará para suas produções originais logo depois.

Durante recente entrevista ao site The Hollywood Reporter, o produtor Mark Nielsen falou sobre a perspectiva otimista do futuro do estúdio, com o diretor Pete Doctor substituindo John Lassetter nas funções executivas. Parte desse otimismo vem principalmente pelo fato do comprometimento de Doctor a explorar mundos novos mais uma vez.

“Ele está buscando novas vozes e realmente mergulhar em coisas novas”, Nielsen disse. “Agora, voltaremos para os filmes originais, ao menos por ora”.

Veja o trailer de Toy Story 4

Segundo o site BoxOfficePro, a quarta iteração da clássica franquia tem chances de arrecadar entre 105 a 130 milhões de dólares em seu primeiro final de semana – e isso apenas nos Estados Unidos! As previsões levam em consideração as expectativas criadas com os teasers e os trailers, bem como o constante marketing dos estúdios para promover o longa.

Dirigido por Josh Cooley, esse é o seu primeiro longa-metragem.

Quando Bonnie leva os brinquedos em sua viagem com a família, Woody acaba se dispersando inesperadamente e se juntando à sua amiga Bo Peep, que com seu espírito aventureiro e depois de anos na estrada já esconde seu delicado exterior de porcelana. Woody e Bo, que são totalmente diferentes quando se trata da vida como um brinquedo, logo percebem que esse é o menor dos seus problemas.

O longa será lançado nos cinemas nacionais no dia 20 de junho.

Foto: Poster de divulgação – (Imagem de Reprodução)

Fonte: As informações são do portal de notícias ‘CinePop’.