A voz potente de Grazzi Brasil faz dela a única mulher a ser intérprete do Grupo Especial do carnaval de São Paulo. É a segunda vez que ela sairá como intérprete.

“A escola da minha vida, minha escola de vida é a Vai-Vai. Aqui eu aprendo e tenho uma responsabilidade muito grande sim”, diz Grazi.

A Vai-Vai é a escola mais vezes vampeã do carnaval de São Paulo. São 15 vitórias. Neste ano a escola vai falar da luta do povo negro. A escola do Bixiga será a quarta a desfilar na segunda noite, 2 de março.

As fantasias representam a maldade vinda do oriente.

Outra fantasia representa o levante dos escravos na cidade de Salvador em 1835.

Outra fantasia representa astronauta, que é a recobrança do domínio técnológico. Temos conduítes prateados e capim holográfico que representa muita luz para a Vai-Vai.

O presidente Neguitão diz que o ponto forte da Vai-Vai é a força de sua torcida. “Sempre que a Vai-Vai entra na avenida a gente espera a avalanche do público que empurra a escola. Acho que é isso que faz a diferença.”

As informações são do portal de notícias do G1.